Meu peso, o incômodo e o grande aprendizado

Estive em uma profunda reflexão agora pouco e quis aproveitar meus devaneios para registrar uma triste constatação sobre mim mesma:

Sou uma pessoa que mantêm desejos de mudanças corporais, impulsionados por padrões provindos de estímulos externos. Não me orgulho disso, mas a minha luta árdua diária é exatamente a de buscar compreender como me livrar dessas amarras que a vida coloca propositalmente no meu caminho.

Não, eu não vou lamentar meus desafios de vida, porque eles estão aí para me ensinar a crescer e evoluir (nem que seja um pouquinho). Inclusive, esse post é 100% para mim – escrito para me lembrar que a resposta que eu tanto busco está dentro de mim mesma e o caminho que eu devo percorrer para conquistar o equilíbrio que almejo, só será possível o dia em que eu depositar essa energia voluntária de auxílio que carrego dentro de mim, na minha própria vida.

Parece simples, mas não é… é uma caminhada cheia de obstáculos e crises, que só serão vencidas com muita persistência, disciplina e acima de tudo, autoconhecimento.

À vocês, leitoras, compartilho esse vídeo e espero que vocês consigam tirar uma boa reflexão dele.

Fé em Deus e pé na taba!

Com amor,

Cíntia Milanese

Anúncios

4 comentários sobre “Meu peso, o incômodo e o grande aprendizado

  1. Michele disse:

    A caminhada realmente não é simples. E hoje em dia vejo que é um processo de várias tentativas e erros, e todos de cunho bastante pessoal. O que funciona para algumas pessoas não funciona para mim, e vice-versa. E haja paciência e coragem pra olhar pra dentro e assumir nosso eu…

    Mas vale a pena. É cansativo e às vezes frustrante, mas vale a pena.

    Suas reflexões foram esclarecedoras!

    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

    • Cíntia Milanese disse:

      É bom que você tenha isso em mente, Mi… sobre tentativas e erros. Porque isso pode ser frustrante também. E ter essa noção, ajuda a refletir e aceitar que tudo é um processo e tem finalidade de fazer com que a gente evolua. Beijos querida! ❤

      Curtir

  2. Cristiane disse:

    Lindo, magnífico e esclarecedor este vídeo! Engraçado como a gente tem dificuldade pra perceber que o que nos incomoda de verdade não é o nossa aparência, mas o que os outros pensam dela; deixamos que o as “regras” sobre belo e aceitável abalem nossos conceitos sobre nós mesmas e minem totalmente nossa autoestima. Tô contigo nessa batalha de autoaceitação e autoconhecimento.
    Aliás, há tempos curto seu blog meio que à distância e sempre me sinto bem acompanhada por ele.
    Um bjo!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s